[PUC-Campinas 2013]

A água e os impactos das atividades humanas:

− Lençol freático: o lixo libera o chorume, líquido que pode conter metais pesados, sólidos suspensos e compostos orgânicos. Ao se infiltrar no solo, pode contaminar as águas subterrâneas.

− Biomassa removida: Biomassa é a matéria orgânica de um determinado terreno (por exemplo, matas ciliares). Sua remoção diminui a proteção dos rios e altera os ciclos naturais dos organismos.

− Desmatamento: a destruição da proteção entre os sistemas terrestres e aquáticos causa a diminuição das águas subterrâneas e das nascentes, modifica a qualidade e a quantidade de água e influi na pesca e no controle das enchentes.

− Chuva ácida: óxidos de enxofre e de nitrogênio (poluentes do ar dissolvidos na água da chuva) alteram a composição química de rios e lagos e prejudicam a biota aquática.

(Adaptado: Revista Quanta, ano 2, n. 6, agosto e setembro de 2012. p. 26 e 27)

Apesar de possuir enorme biomassa, a região Amazônica não é a grande produtora mundial de oxigênio. A Amazônia

  1. encontra-se em um estado de sucessão ecológica e, portanto, ainda é capaz de acumular grandes quantidades de carbono.
  2. tem sido severamente devastada, diminuindo sua produtividade primária, de forma que outras florestas tropicais passaram a produzir mais oxigênio.
  3. é uma comunidade clímax, de modo que quase todo oxigênio produzido é utilizado pela própria comunidade.
  4. não produz oxigênio necessário para manter toda a sua comunidade.
  5. consome todo o oxigênio que produz, e de forma nenhuma interage com os outros biomas brasileiros.


Resposta
é uma comunidade clímax, de modo que quase todo oxigênio produzido é utilizado pela própria comunidade.

[PUC-Campinas 2012]

Cataratas de sangue

As Blood Falls não receberam esse nome à toa. Elas emergem da geleira Taylor, na Antártica, e desembocam no lago congelado Booney. A coloração avermelhada é resultado de ferro na água (na forma de íons férricos), que oxida em contato com a atmosfera. Quanto à origem das cataratas, trata-se de um reservatório subterrâneo de água do mar, preso debaixo do gelo quando um fiorde ficou isolado entre 1,5 e 2 milhões de anos atrás. Esse reservatório tem algumas características peculiares, como salinidade altíssima, sulfato abundante e falta de oxigênio. Apesar de tudo isso, a água contém vida microbiana. Os micróbios provavelmente utilizam o sulfato e íons férricos para metabolizar a pouca matéria orgâ- nica que existe no seu mundo frio e escuro. Essas cataratas se localizam na região dos McMurdoDryValleys, uma área de deserto frio, cercada por montanhas e atingidas por ventos “katabatic”, formados pela descida de ar denso e frio. Estes ventos atingem até 320 km/h e evaporam toda a água, neve e gelo em seu caminho.

(Adaptado: Revista BBC Knowledge, junho de 2011, p. 17)

Os organismos que vivem no reservatório subterrâneo compõe

  1. um ecossistema.
  2. um habitat.
  3. um bioma.
  4. uma biosfera.
  5. uma comunidade.


Resposta
uma comunidade.

[Enem 2011] Diferente do que o senso comum acredita, as lagartas de borboletas não possuem voracidade generalizada. Um estudo mostrou que as borboletas de asas transparentes da família Ithomiinae, comuns na Floresta Amazônica e na Mata Atlântica, consomem, sobretudo, plantas da família Solanaceae, a mesma do tomate. Contudo, os ancestrais dessas borboletas consumiam espécies vegetais da família Apocinaceae, mas a quantidade dessas plantas parece não ter sido suficiente para garantir o suprimento alimentar dessas borboletas. Dessa forma, as solanáceas tornaram-se uma opção de alimento, pois são abundantes na Mata Atlântica e na Floresta Amazônica.

Cores ao vento. Genes e fósseis revelam origem e diversidade de borboletas sul-americanas. Revista Pesquisa FAPESP. N° 170, 2010 (adaptado).

Nesse texto, a ideia do senso comum é confrontada com os conhecimentos científicos, ao se entender que as larvas das borboletas Ithomiinae encontradas atualmente na Mata Atlântica e na Floresta Amazônica, apresentam

  1. facilidade em digerir todas as plantas desses locais.
  2. interação com as plantas hospedeiras da família Apocinaceae.
  3. adaptação para se alimentar de todas as plantas desses locais.
  4. voracidade indiscriminada por todas as plantas existentes nesses locais.
  5. especificidade pelas plantas da família Solanaceae existentes nesses locais.


Resposta
especificidade pelas plantas da família Solanaceae existentes nesses locais.

[Enem 2017] Os botos-cinza (Sotalia guianensis), mamíferos da família dos golfinhos, são excelentes indicadores da poluição das áreas em que vivem, pois passam toda a sua vida — cerca de 30 anos — na mesma região. Além disso, a espécie acumula mais contaminantes em seu organismo, como o mercúrio, do que outros animais da sua cadeia alimentar.

MARCOLINO, B. Sentinelas do mar. Disponível em: http://cienciahoje.uol.com.br. Acesso em: 1 ago. 2012 (adaptado).

Os botos-cinza acumulam maior concentração dessas substâncias porque

  1. são animais herbívoros.
  2. são animais detritívoros.
  3. são animais de grande porte.
  4. digerem o alimento lentamente.
  5. estão no topo da cadeia alimentar.


Resposta
estão no topo da cadeia alimentar.

[PUC-Rio 2016] Corais em todo o mundo estão sofrendo de um fenômeno conhecido como branqueamento, que consiste na perda de algas unicelulares que vivem no interior dos tecidos, podendo ocasionar a morte desses animais. Sobre o tipo de interação entre os corais e as algas é correto afirmar que:

  1. é uma interação de parasitismo, pois as algas vivem no interior dos corais.
  2. é uma relação desarmônica interespecífica pois os corais predam as algas.
  3. é uma relação harmônica intraespecífica pois animais e algas formam colônias.
  4. é uma interação de mutualismo onde as algas fornecem gás carbônico para os corais e estes fornecem glicose para as algas.
  5. é uma interação de mutualismo, onde as algas fornecem boa parte do alimento para os corais e estes fornecem sais minerais e gás carbônico.


Resposta
é uma interação de mutualismo, onde as algas fornecem boa parte do alimento para os corais e estes fornecem sais minerais e gás carbônico.
« Primeiro ‹ Anterior 1 9 10 11 12 13 21 71 Próximo › Último »