Como cultivar protozoários para aula prática

Crianças e adultos ficam fascinados quando observam o mundo através das lentes de um microscópio. Uma simples gota de água pode conter todo um universo povoado de seres desconhecidos. No entanto, dependendo da origem da água (lagos, córregos, poças d’água…) pode ser difícil encontrar seres microscópicos em quantidade para satisfazer a curiosidade dos alunos.

Seja para incrementar um primeiro contato com o microscópio, seja para ilustrar uma aula sobre o reino Protista, o professor pode recorrer a esta técnica simples de cultivo de protozoários. Prepare com alguns dias de antecedência ao dia da aula prática.

cultivo de protozoários de água doce em alface

Materiais necessários:

  • Recipiente com tampa
  • 1 ou 2 folhas de alface
  • Água sem cloro (pode ser obtida em um rio ou lago, ou utilize água de torneira previamente fervida e em temperatura ambiente)

Procedimento:

  1. Coloque a água e as folhas de alface dentro do pote e tampe. Aguarde entre 3 e 5 dias.
  2. Para manter a cultura de protozoários por mais tempo, substitua o alface por alface fresco e troque parte da água a cada 2 ou 3 dias.

Neste tipo de cultura é possível encontrar paramécios, amebas, rotíferos entre outros. Repare que a densidade de cada tipo de protozoário pode variar conforme as populações entram em equilíbrio ecológico.

O vídeo abaixo foi feito com uma cultura de 4 dias. Uma amostra da “nata” superficial da água foi colocada sobre lâmina, coberta com lamínula e observada ao microscópio. O microscópio utilizado é muito simples, daqueles encontrados em lojas de brinquedo, por isso a qualidade da imagem não está muito boa.

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *