Como fazer exsicatas para um herbário

Herbários são belos e podem ser muito úteis para ilustrar uma aula de botânica. Herbários tornam-se ainda mais interessantes se os próprios alunos coletarem as amostras de plantas (seja no quintal de casa, no jardim da escola ou numa excursão com este propósito) e fizerem suas próprias exsicatas.

Materiais necessários:

  • 2 retalhos de madeira do mesmo tamanho, com furos nos 4 cantos
  • 4 parafusos, 4 arruelas e 4 porcas tipo borboleta
  • papelão
  • jornal
  • amostras frescas de folhas e flores
  • ficha impressa com informações da exsicata
  • cola branca

Procedimento:

  1. Sobre a base de madeira da prensa, coloque uma camada grossa de papelão e uma camada de jornal.
  2. Espalhe o material a ser herborizado sobre o jornal, aproveitando o espaço disponível da melhor forma possível.
  3. Arrume as folhas e pétalas para que fiquem bem visíveis, não será possível mudar sua posição depois de secas. Evite colocar na mesma camada folhas/flores de espessuras muito diferentes.
  4. Cubra com mais uma camada de jornal e repita o processo até atingir a altura da prensa (ou seja, a altura dos parafusos, descontando alguns centímetros para poder rosquear).
  5. Feche a prensa e coloque os parafusos. Aperte os 4 parafusos por igual, deixando a tampa da prensa nivelada.
  6. Guarde a prensa em local seco e arejado. O tempo necessário para o material secar varia conforme as condições de temperatura e umidade. Geralmente 3 meses são suficientes. Uma maneira de acelerar o processo é trocar os jornais e o papelão semanalmente, mas o procedimento é delicado e há o risco de estragar as amostras de plantas.
  7. Após o período de secagem, abra a prensa e retire as plantas secas com cuidado.
  8. Utilize papel sulfite ou cartolina para montar cada exsicata. O material herborizado pode ser fixado com cola branca, mas também é possível prendê-lo ao papel com agulha e linha. Alguns herbários utilizam fitas de papel autocolante para o mesmo fim.
  9. Anexe uma ficha contendo os dados da planta à exsicata. Para ganhar espaço, cole apenas a lateral da ficha e deixe o restante solto.
  10. As exsicatas devem ser armazenadas em local seco e arejado. Fungos são seus maiores inimigos, certifique-se que o material herborizado esteja bem seco. Evite guardar as exsicatas em plásticos. Prefira envelopes ou pastas de papel.

É mais fácil identificar as plantas antes do processo de herborização. Então, ao colocar as amostras na prensa, anote no jornal logo abaixo o nome da espécie. Ou anote uma numeração e faça as anotações em uma folha em separado.

As informações contidas na ficha anexada à exsicata variam conforme os objetivos para os quais o herbário está sendo feito. Se é apenas uma atividade introdutória para crianças, basta colocar o nome popular da planta, o nome da criança que a coletou, etc. Se a ideia é montar um herbário mais detalhado, que possa servir como material de referência, vale a pena registrar dados como os da ficha abaixo. Outras informações que também podem ser úteis são o nome da pessoa que fez a coleta, as cores originais da planta antes de passar pelo processo de herborização (incluindo um registro fotográfico, em arquivo digital), a altura da planta, a espessura do tronco, se haviam flores e/ou frutos na data da coleta, etc…

exsicata

 Identificar plantas pode ser um desafio, mesmo para os professores experientes. Seguem alguns links de livros gratuitos que podem ajudar:

3 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *