Experimento: Alelopatia – Efeito do extrato de eucalipto sobre a germinação

Substâncias alelopáticas (ou aleloquímicos) são substâncias químicas produzidas por um organismo que podem prejudicar ou favorecer outro organismo. O eucalipto, árvore originária da Austrália, é um ótimo exemplo de alelopatia. Suas folhas contêm substâncias que impedem ou reduzem a germinação de sementes de algumas espécies de plantas. Muitas pesquisas demonstram que os aleloquímicos produzidos pelo eucalipto podem prejudicar o cultivo de algumas hortaliças.

Materiais necessários:

  • Liquidificador
  • Folhas de eucalipto
  • 4 Placas de Petri
  • Um pode de vidro com tampa
  • Água
  • Peneira
  • Filtros de papel (daqueles para café) ou papel de filtro específico para laboratório
  • Sementes de alface
  • Sementes de tomate
  • Tesoura, lápis, caneta
  • Pinça
  • Seringa ou pipeta

Procedimento:

  1. Corte o papel de filtro para forrar o fundo das placas de petri. Se utilizar filtro para café, utilize duas camadas por placa. Se utilizar papel de filtro específico para uso em laboratório (que é mais grosso) pode utilizar apenas uma camada.
  2. Identifique as placas de petri: Sementes de alface + água / Sementes de alface + extrato de eucalipto / Sementes de tomate + água / Sementes de tomate + extrato de eucalipto
  3. Prepare o extrato de folha de eucalipto. Coloque uma porção de folhas no liquidificador junto com água, em uma proporção de mais ou menos 1:4. Bata por 3 minutos e depois coe em uma peneira de malha fina.
  4. Com o auxílio de uma pinça, coloque 25 sementes em cada placa de petri (de alface ou tomate, conforme a identificação da placa).
  5. Nas placas do grupo controle (regado com água), acrescente 4ml* de água. Utilize uma seringa ou pipeta.
  6. Nas placas do grupo experimental (regado com extrato de folhas de eucalipto) acrescente 4ml* de extrato.
  7. Tampe as placas de petri e mantenha em local iluminado, mas não sob sol direto. Observe dia à dia o número de sementes que germinam em cada placa. Consideramos que uma semente germinou quando há a emissão de sua radícula. Mantenha o papel de filtro sempre úmido.

(*) O volume de água pode variar conforme o tamanho da placa de petri. Teste antes de realizar o experimento quanto líquido é necessário para molhar o papel de filtro sem que, no entanto, ele fique encharcado.

Possíveis variações deste experimento:

  • Faça o experimento com sementes de outras plantas (como rabanete, couve, repolho, feijão…)
  • Teste o efeito do extrato de folha de eucalipto em diferentes concentrações (como 5%, 10%, 25%, 50%, 100%)
  • Compare o efeito alelopático do extrato feito a partir de folhas jovens e feito a partir de folhas secas (serrapilheira)
  • Além da germinação, avalie também o crescimento das plântulas, medindo com um paquímetro no final do experimento

 

Referências:

BEDIN, C. et al (2006) Efeito alelopático de extrato de Eucalyptus citriodora na germinação de sementes de tomate (Lycopersicum esculentum M.). Revista Científica Eletrônica de Agronomia, n. 10.

SOUZA, V. M. & CARDOSO, S. B. (2013) Efeito alelopático do extrato de folhas de Eucalyptus grandis sobre a germinação de Lactuca sativa L. (alface) Phaseolus vulgaris L.(feijão). Revista Eletrônica de Educação e Ciência, v. 3, n. 2.

YAMAGUSHI, M. Q. et al (2011) Efeito alelopático de extratos aquosos de Eucalyptus globulus Labill. e de Casearia sylvestris Sw. sobre espécies cultivadas. Semina: Ciências Agrárias, Londrina, v. 32, n. 4, p. 1361-1374

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *