CinematecaSugestões de filmes para estudar temas de Biologia

Livro: Diário de Oaxaca

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Diário de Oaxaca, de liver Sacks

Título: Diário de Oaxaca
Autor: Oliver Sacks
Ano da edição: 2012
Editora: Companhia Das Letras
"É comum que cometas e supernovas sejam localizados primeiro por astrônomos amadores (um deles, ministro na Austrália, que mesmo portando um pequeno telescópio fez um levantamento ímpar da incidência de supernovas em mil galáxias, e se recordava da localização exata de cada uma delas). Os amadores são essenciais em mineralogia. Independentes de subvenções ou de apoio profissional, eles vão a lugares que os profissionais podem não alcançar e descrevem novas espécies de minerais todo ano. Coisa parecida acontece com a procura de fósseis e a observação de pássaros. Em todos esses campos, o mais crucial não é necessariamente o treinamento profissional, mas o olho de naturalista, que provém de uma combinação de disposição inata, biofilia, experiência e paixão. Os amadores, no melhor sentido, possuem exatamente isto: paixão, amor por seu assunto, e em geral a experiência acumulada durante toda uma vida de intensa observação de campo (...)(pág. 24) 

Em Diário de Oaxaca, o famoso neurologista Oliver Sacks relata uma experiência bastante inusitada: acompanhar uma equipe de naturalistas amadores em uma expedição em busca de samambaias raras no sul do México.

A narrativa da viagem é bastante completa e vai muito além das samambaias e outras pteridófitas que o grupo encontra. Sacks relembra a história da colonização espanhola e comenta aspectos culturais da região de Oaxaca. Mas o maior foco do livro é o trabalho dos botânicos amadores e seu entusiasmo pelas plantas que encontram. Diário de Oaxaca é uma homenagem a todos os naturalistas amadores e sua enorme contribuição para a ciência.

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *